Ministério da Saúde destina quase R$ 5,2 milhões para cidades do Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de MG.

Segundo a pasta, recurso financeiro é destinado para melhorar a qualidade dos serviços de saúde e o acesso à população ao SUS.

Para diminuir os impactos da pandemia da Covid-19, o Ministério da Saúde vai repassar mais de R$ 416 milhões para apoiar ações no âmbito da Atenção Primária pelo programa “Previne Brasil” nos municípios e Distrito Federal. Na região do Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de MG, 76 cidades vão receber, ao todo, R$ 5.198.195,62.

O valor para cada município foi definido com base em critério populacional para os quatro meses iniciais do ano, conforme consta na Portaria nº 238, assinada pelo ministro Eduado Pazuello e publicada no Diário Oficial da União (DOU) de quinta-feira (11).

Segundo o Ministério da Saúde, o recurso financeiro é destinado para melhorar a qualidade dos serviços de saúde e o acesso à população ao Sistema Único de Saúde (SUS). Os valores serão transferidos mensalmente e de forma automática do Fundo Nacional de Saúde aos Fundos Municipais e Distrital de Saúde.

No Triângulo Mineiro, Uberlândia receberá o maior valor, na ordem de R$ 1.371.088,25, seguido de Uberaba, que receberá R$ 662.002,95. No Alto Paranaíba, Patos de Minas terá à disposição R$ 302.434,53. Paracatu será a cidade do Noroeste com maior recurso disponível, na ordem de R$ 184.763,36.

Veja abaixo a divisão de valores para cada município da região:

  • Abadia dos Dourados – R$ 13.861,51
  • Água Comprida – R$ 3.964,72
  • Araguari – R$ 232.579,55
  • Araporã – R$ 13.623,51
  • Arapuá – R$ 5.620,80
  • Araxá – R$ 210.687,51
  • Brasilândia de Minas – R$ 32.800,36
  • Cachoeira Dourada – R$ 5.339,17
  • Campina Verde – R$ 39.160,91
  • Campo Florido – R$ 16.166,15
  • Campos Altos – R$ 30.664,31
  • Canápolis – R$ 24.097,50
  • Capinópolis – R$ 32.076,45
  • Carmo do Paranaíba – R$ 60.152,51
  • Carneirinho – R$ 19.886,88
  • Cascalho Rico – R$ 6.098,75
  • Centralina – R$ 20.527,50
  • Comendador Gomes – R$ 6.170,15
  • Conceição das Alagoas – R$ 55.321,11
  • Conquista – R$ 13.762,35
  • Coromandel – R$ 55.481,76
  • Cruzeiro da Fortaleza – R$ 7.191,56
  • Delta – R$ 20.890,45
  • Douradoquara – R$ 3.784,24
  • Estrela do Sul – R$ 15.823,03
  • Fronteira – R$ 35.904,28
  • Frutal – R$ 118.000,40
  • Grupiara – R$ 2.752,90
  • Guarda-Mor – R$ 13.050,33
  • Guimarânia – R$ 15.944,01
  • Gurinhatã – R$ 11.184,01
  • Ibiá – R$ 49.978,01
  • Indianópolis – R$ 13.667,15
  • Ipiaçu – R$ 8.371,65
  • Iraí de Minas – R$ 13.857,55
  • Itapagipe – R$ 30.231,95
  • Ituiutaba – R$ 207.597,48
  • Iturama – R$ 77.871,61
  • João Pinheiro – R$ 94.113,13
  • Lagamar – R$ 15.099,11
  • Lagoa Formosa – R$ 35.803,13
  • Lagoa Grande – R$ 18.905,13
  • Limeira do Oeste – R$ 14.946,40
  • Matutina – R$ 7.435,51
  • Monte Alegre de Minas – R$ 41.888,00
  • Monte Carmelo – R$ 94.821,18
  • Nova Ponte – R$ 30.830,91
  • Paracatu – R$ 184.763,36
  • Patos de Minas – R$ 302.434,53
  • Patrocínio – R$ 180.001,38
  • Pedrinópolis – R$ 7.209,41
  • Perdizes – R$ 32.066,53
  • Pirajuba – R$ 12.294,68
  • Planura – R$ 24.063,78
  • Prata – R$ 55.247,73
  • Pratinha – R$ 7.145,95
  • Presidente Olegário – R$ 38.819,78
  • Rio Paranaíba – R$ 24.420,78
  • Romaria – R$ 7.007,11
  • Sacramento – R$ 51.933,58
  • Santa Juliana – R$ 27.772,61
  • Santa Vitória – R$ 39.154,96
  • Santa Rosa da Serra – R$ 6.644,16
  • São Francisco de Sales – R$ 12.372,03
  • São Gonçalo do Abaeté – R$ 16.638,18
  • São Gotardo – R$ 70.346,85
  • Serra do Salitre – R$ 22.970,96
  • Tapira – R$ 9.466,45
  • Tiros – R$ 12.852,00
  • Tupaciguara – R$ 50.231,88
  • Uberaba – R$ 662.002,95
  • Uberlândia – R$ 1.371.088,25
  • União de Minas – R$ 8.536,26
  • Varjão de Minas – R$ 13.954,73
  • Vazante – R$ 40.836,83
  • Veríssimo – R$ 7.931,35

 

paulo

paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *