Operação de repressão a crimes nas rodovias de Minas entra na terceira fase

A terceira fase da operação “Caminhos de Minas”, que visa aumentar a segurança dos 38 mil quilômetros de estradas que cortam Minas Gerais, foi lançada na manhã de segunda-feira (19), às margens BR-356, nas proximidades do BH Shopping, na região Centro Sul, e vai até a 0h de sexta-feira (23).

Minas Gerais tem a maior malha rodoviária do país. Segundo o superintendente regional da PRF, inspetor Marco Antônio Territo de Barros, que participa da coordenação da operação, o objetivo é fortalecer a segurança em todas as rodovias mineiras, com foco em ações de prevenção e repressão qualificada a crimes.

“Nosso intuito maior é coibir o tráfico de drogas e roubo de cargas. Vamos barrar a entrada, trânsito e fluxo de drogas vindas de outros estados circulem por nossas rodovias, principalmente as drogas vindas do Mato Grosso do Sul e Paraná” pontuou.

Os pontos escolhidos para a operação serão mantidos em sigilo, para maior eficiência no combate ao crime, principalmente o organizado.” Vamos aumentar a segurança nas rodovias de todo o Estado. Todas as regiões serão fiscalizadas. Nossa expectativa é que 90% de nosso efetivo composto por 1.100 militares será empenhado”, explicou o comandante do Policiamento Rodoviário, coronel Valmir José Fagundes,

A operação é feita, em conjunto, pela Polícia Militar, Polícia Militar Rodoviária (PMRv), PRF e Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais (Sejusp).

De acordo com o secretário de Justiça e Segurança Pública, Rogério Greco, o esperado da terceira fase é o mesmo sucesso obtido nas duas fases anteriores.

“Nas fases anteriores obtivemos uma redução significativa de crimes violentos nas rodovias, em que 40 armas foram apreendidas.  Também conseguimos a apreensão de quatro toneladas de drogas e 20 mil veículos foram fiscalizados”, detalhou.

Na oportunidade, também foram comemorados os 50 anos do Policiamento Rodoviário Militar e os 93 anos da PRF.

paulo

paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *